Releitura

Reler este livro depois de todo esse tempo tem me ajudado a entender meus filhos que estão chegando perto da idade que eu tinha quando escrevi esses poemas em 1983. Agradeço por isso ao adolescente, que apesar de passado, teima em viver na minha poesia. Paulo Baroukh 2011.

terça-feira, 7 de junho de 2011

Capa

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Prefácio

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Prefácio gráfico

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br
Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Maraberto

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Meia dúzia de poesia

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

O pântano

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Eu e Prometeu

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

O cheiro negro da morte

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Olá, sonho

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

A gestação

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Tem poesia

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Pedaço de mundo

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Paralelas

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Sou no sono

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Palavrasa

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Amalvorecer

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

No campo

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Era a cidade selvagem

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Paralela

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Espelho ohlepsE

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Sensação sem ação

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Se

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Todo Toda

Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Flocos de neve com pimenta malagueta


Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br

Anoitece


Paulo Baroukh 1983
baroukh@interpsic.com.br